Implantação do projeto "Olho Vivo" em Pará de Minas poderá ser custeado pela Câmara Municipal

por Marilva Keesen Greco última modificação 31/08/2018 14h02
Essa possibilidade foi confirmada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Marcus Vinícius Rios Faria (Marcão), após visitas feitas nas cidades de Arcos e Moema, na última segunda-feira, 27 de agosto. O chefe do Legislativo estava acompanhado de representantes da sociedade civil, da Polícia Militar, do presidente da Ascipam e diretores da CDL.

Durante as visitas, a equipe de Pará de Minas conheceu o sistema de monitoramento das duas cidades e o presidente Marcus Vinícius ficou entusiasmado com a instalação do programa de segurança.  Ressaltou ainda que, a sugestão de custear o projeto em Pará de Minas partiu da própria  Câmara Municipal devido a redução do custo. "Saiu na imprensa esta semana que a CDL e Ascipam fizeram a sugestão. Não é verdade isso. A sugestão partiu da Câmara. Eu tive uma conversa com o presidente da Ascipam e sugeri essa possibilidade. A Ascipam tem o mérito de ter desenvolvido o projeto em 2015. A Câmara não está omissa e estamos trabalhando essa futura ajuda. A visita foi muito produtiva, pois verificamos que os investimentos nestas cidades foram um terço dos anunciados pelo prefeito de Pará de Minas, na semana passada. Arcos é monitorada 24 horas, por 18 câmeras e um sistema fantástico. Moema são 20 câmeras, mas não tem o monitoramento 24 horas, mas com gravação de 30 dias. Pará de Minas precisa disso e no que depender da Câmara nós vamos ajudar, infelizmente não tinha nenhum representante do Poder Executivo e o projeto só será implantado se houver união de forças".

Os responsáveis pela implantação do Olho Vivo em Arcos, afirmaram que o sistema pode ser colocado em funcionamento em Pará de Minas por menos de R$ 800 mil e Marcão solicitou do departamento financeiro, um levantamento apenas para verificar se haverá recurso no caixa para o custeio do Olho Vivo. "Deixo bem claro à população que esse recurso que poderá ser transferido para Prefeitura depende do aval e comprometimento do prefeito Elias Diniz em investi-lo na implantação do Olho Vivo e desta forma melhorar a segurança pública dos nossos cidadãos", concluiu o presidente da Câmara.

Veja mais fotos aqui.

Fotos, gentilmente, cedidas por Maurício Azevedo.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Pará de Minas