História da Câmara

por Euler Aparecido de Souza Garcia última modificação 27/04/2018 13h11

 

A história da Câmara Municipal de Pará de Minas remonta ao ano de 1859. Em 20 de setembro daquele ano, em virtude da Lei Provincial nº: 882, de 8 de junho de 1858, foi instalada solenemente a Vila do Pará (hoje Pará de Minas) pelo presidente da Câmara de Pitangui, Dr. Francisco Cordeiro dos Campos Valadares. Após as cerimônias de instalação da “Vila”, houve a primeira reunião extraordinária da Câmara. Os primeiros vereadores foram: Francisco de Assis dos Santos Réo (Alferes Réo e o primeiro presidente da Câmara); Fidélis Evaristo Firmiano Ribeiro (Major Fidélis); Francisco Esteves Rodrigues (Alferes Esteves); Belmiro José Pinto Coelho; Manoel Teixeira Duarte (Capitão Teixeira); Antônio José de Abreu e Silva(Capitão Abreu).

Em 1872, por questões políticas, a Vila do Pará foi suprimida e, em 25 de março de 1876 − com a reinstalação da Vila do Pará por efeito da Lei Provincial nº 2.081, de 23 de dezembro de 1874 − deu-se nova instalação da Câmara Municipal.

Até 1931, o presidente da Câmara era também o agente executivo, cargo equivalente hoje ao de prefeito. No mesmo ano, foi instituído o regime das prefeituras, e o regime das câmaras municipais foi suspenso, sendo restabelecido em 1948. Na nova fase, o primeiro presidente de Câmara Municipal de Pará de Minas foi o escritor e fazendeiro José Augusto Corrêa de Miranda.

O edifício onde, por muitos anos, funcionou a Câmara Municipal foi construído no terreno onde hoje se localiza a Prefeitura, na praça Afonso Pena. Não há registro relativo à data de sua construção, mas existem indícios de que tenha ele sido a edificação original da Câmara instalada em 1859. Em 20 de setembro de 1969 o prédio localizado na praça Torquato de Almeida, nº: 100, no centro da cidade passou a ser ocupado pelo Legislativo.

Quarenta e quatro anos depois, em março de 2013, a Câmara pará-minense foi transferida. A nova sede recebeu o nome José Moreira Xavier (Zezinho Xavier) e está localizada na avenida Presidente Vargas,1935, no bairro Senador Valadares. O prédio possui cinco pavimentos e três deles estão aptos para receber o público. A inauguração aconteceu no dia 20 de setembro de 2013, juntamente com as comemorações do aniversário de emancipação política de Pará de Minas. Essa estrutura moderna, com capacidade para atender bem à população de Pará de Minas, foi projetada pelo arquiteto Osvaldo Fonseca Filho.

Na longa trajetória da Câmara, vários foram os vereadores que passaram por ela e que perpetuaram com grandiosidade seus nomes na história pará-minense. Benedito Valadares e Torquato de Almeida são alguns deles.

Os vereadores da legislatura 2013/106 foram: Antônio Linhares Villaça, Carlos Roberto Lázaro, Dilhermano Rodrigues Filho, Flávio Medina Neto, Geovane Cardoso Correia, Geralda Vitor Lebrão, Geraldo Luiz Batista, José Salvador Moreira, Leandro Almeida Ferreira, Marcos Aurélio dos Santos, Marcílio Magela de Souza, Marcus Vinícius Rios Faria, Renato de Almeida Costa Faria, Ricardo Duarte Rocha, Rodrigo Varela Franco, Silvério Severino Francisco e Silésio Mendonça.

Atualmente, os vereadores que compõem a Câmara são: Antônio Carlos dos Santos, Carlos Roberto Lázaro, Daniel de Melo Oliveira, Dilhermando Rodrigues Filho, Ênio Talma Ferreira de Rezende, Gladstone Correa Dias, José Salvador Moreira, Leandro Alves Almeida Ferreira, Marcílio Magela de Souza, Márcio Eustáquio Rodrigues, Márcio Lara, Marcos Aurélio dos Santos, Marcus Vinícius Rios Faria, Mário Justino da Silva, Nilton Reis Lopes, Rodrigues Alves Meneses, Rodrigo Varela Franco. Essa legislatura termina em dezembro de 2020.

É no poder legislativo que se refletem, repercutem e se manifestam as preocupações, angústias, aspirações e problemas do povo, a alma coletiva, enfim. É um poder forte, que busca o bem-estar da população, na busca de melhor qualidade vida para Pará de Minas.